quarta-feira, Abril 26, 2006

Alguns vinhos da Dão Sul


Provei, durante o mês de Abril, alguns vinhos da Dão Sul e gostaria de vos dizer que fiquei pessoalmente satisfeito. Não irei dizer grande coisa, apenas registar alguns comentários pessoais. Não colocarei nenhuma classificação pessoal, pois os momentos em que foram provados não eram os mais indicados para tal.

Quinta de Cabriz Encruzado 2005
Com uma nova roupagem, estagiado parcialmente em madeira. Gostei. Maçã e mineral foi o primeiro impacto que tive. Elegante e muito suave. Um vinho consensual, mas que não deslumbre. Pareceu-me mais fraco que os anteriores encruzados.

Quinta de Cabriz Reserva 2003
Para mim uns furos acima dos outros reservas. Notei alguma evolução positiva desde a primeira vez que provei este 2003. Fruto preto, tabaco, baunilha e chocolate. De fácil abordagem, mas com personalidade.

Quinta de Cabriz Touriga Nacional 2003
Melhor que a colheita de 2000 e mais barato. Boa concentração na cor. Nos aromas mostrou-se fresco, com nuances que lembravam mato. Fruta aliada a algum tabaco e baunilha. Muito sedoso na boca. Boa relação preço/qualidade.

Quinta de Cabriz Escolha 2003
Mais vinho. Mais austero, mas sempre com elegância. Deu mais luta na descoberta dos aromas e dos sabores. Balsâmico, com fruta fresca. Um bom vinho de lote. Olhando para os outros Escolhas, feitos pelo anterior enólogo, este 2003 está mais moderno, menos rústico. Boa evolução...

1 comentário:

Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos) disse...

Provei este fds o Escolha 2003 e achei-o um grande vinho!

Grande complexidade, estrutura e complexidade... e termina de uma forma...