terça-feira, maio 02, 2006

Quinta de Foz de Arouce (br) 2003

Um regresso a este vinho, sendo a terceira vez que o provo. Da responsabilidade de um produtor (Conde Foz de Arouce, Lousã) que parece também estar a regressar ao nosso convívio. É feito à base da casta cerceal e estagiado em madeira de carvalho novo francês. Apresenta 13% de vol..Notei evolução positiva, mostrando agora mais equilíbrio.
A cor está mais carregada, mostrando um ambiente mais torrado.
Na minha abordagem inicial à parte aromática do vinho, senti sugestões de combustível aliadas a toques de mel e baunilha. A fruta sentia-se através do ananás e da casca de laranja caramelizada. Os aromas enriqueciam com um toque floral que vinha acompanhado com impressões marítimas (lembrei-me do cheiro a mar).
Na boca entrava fresco, através de uma acidez ainda viva. O leque de sabores disponibilizados tinham qualidade. O final eram refrescante, com qualidade, deixando na boca um sabor amendoado e limonado.
Um vinho com personalidade, que já desafia e que me merece ser provado.
Nota Pessoal: 16,5

2 comentários:

Copo de 3 disse...

Seria interessante colocares os preços dos vinhos em prova... para se ficar com uma ideia.

Pingus Vinicus disse...

Copo de 3, não coloquei os preços dos vinhos, pois como sabes eles podem ser diferentes de local para local, podendo deste modo dar uma informação menos correcta. De qualquer modo vou tentar colocar os preços sempre que possível!