segunda-feira, junho 05, 2006

Alguns Pontos sobre o Pontval

Dois vinhos do produtor alentejano, Companhia de Vinhos do Alandroal, que parece estar a oferecer-nos alguns produtos interessantes. Pelo que dizem por aí, são vendidos a preços decentes. Sinceramente não sei quanto custam. Por isso, nem vale perguntar que não sei! De qualquer maneira, valem a pena ser conhecidos. Perdoem-me esta falta de humildade. Mas eu, às vezes, sou atacado por um sentido de soberba muito grande. Ambos os vinhos têm 14.5% de graduação e estagiaram em barricas novas de carvalho. Foram provados em prova cega.
Falemos da primeira proposta. Pontval Touriga Nacional & Trincadeira 2004.
Aromas com um perfil algo floral e silvestre. Presença de alguma casca de árvore, do tipo pinheiro. Este ambiente vegetal enriquecia com sugestões de rebuçado. Algo diferente, com balsâmicos presentes na boca. Elegante de comportamento. Vale a pena experimentar.
Nota Pessoal: 15
A segunda dica que vos deixo é: Pontval Syrah 2004.
Boa cor, não muito concentrada. Aromas que me colocavam no meio das silvas (não me piquei), onde as amoras marcam presença. Bagas e fetos, no meio de alguma terra húmida. Com frescura. Café e suave torrefacção, sem grandes exageros. Breve sensação de alecrim.
Na boca com algum equilibrio, também sem exageros. Correcto no seu comportamento. O corpo aguenta os taninos e acidez.
Nota Pessoal: 14,5
Pessoalmente gostei mais da primeira proposta, pareceu-me um pouco diferente, com mais personalidade. Mas isto sou eu. Outros que estavam ao meu lado nem acharam grande piada. Cada cabeça sua sentença. Acima de tudo, os registos de duas pingas alentejanas que mercerem ser conhecidas (para mim só o eram de nome).

6 comentários:

frexou disse...

Olá Rui!
Os vinhos andam na casa dos 10 euros.

Fiz uma prova vertical dos Pontval, e digo-te que o vinho que mais me marcou foi curiosamente o Syrah 2004 e o Reserva 2003.

O Touriga+Trincadeira não me marcou, mas o painel de provadores ficou mais impressionado com este.

Copo de 3 disse...

Não te esqueças que os ditos vinhos apesar de serem da PLC-Companhia de Vinhos do Alandroal os mesmos são de Vila Viçosa... como podes verificar no rótulo.

Pingus Vinicus disse...

Copo de 3 eu sei que são de Vila Viçosa.

Anónimo disse...

Olá a todos

Queria deixar aqui um reparo ao "copo de 3" Realmente os vinhos da PLC - Companhia de Vinhos do Alandroal, no entanto não são de Vila Viçosa, apesar de ser essa a designação que vem nos rótulos.

Não tenho total certeza mas esses vinhos são de uma herdade co concelho do Alandroal e da freguesia de Terena.

Ainda não consegui perceber qual a razão de vir Vila Viçosa nos rotulos (certamente uma questão de marketing)

Gostei do que tenho lido por aqui.

Boa noite

Copo de 3 disse...

Sim as vinhas não estão situadas no concelho de Vila Viçosa, a nova adega penso que foi contruida faz bem pouco tempo.
Agora existe sempre um mas...

PLC Companhia de Vinhos do Alandroal
Rua Florbela Espanca, 131
7160-283 Vila Viçosa

Já agora o Monte dos Cabaços é feito perto dos Arcos com as vinhas na mesma zona e diz Estremoz... coisas da vida. :)

Anónimo disse...

Só para informar que todas as vinhas que dão origem ao Monte dos Cabaços se encontram na freguesia de Arcos e Santa Vitória do Ameixial, ambas concelho de Estremoz!