terça-feira, Junho 13, 2006

Quinta da Foz do Arouce (tn) 2003

Mais uma incursão a este produtor da Lousã. Elaborado com Baga, Touriga Nacional e Tinta Roriz, com estágio em meias pipas de carvalho francês e com uns baixissimos 12,5% de graduação alcoólica. Nos tempos que correm é coisa rara. Muito mesmo.
Aromas de mato húmido, fetos envolvidos com algumas flores silvestres. Presença de folhas secas, dando a sensação que eram de chá. Rebuçados, aqueles que levam um mouro no papel. Não sei qual é o nome. Armário daqueles antigos que existiam nas casas das nossas avós. Aliás, este vinho fez-me efectuar uma breve passagem pela terra. Há muito que não lá ia através do vinho. Prometo que não me vou demorar por lá. Lembram-se daqueles saquinhos com flores secas e folhas, que se colocavam no meio da roupa? Principalmente nos lençóis. Sabia-me bem quando chegava à noite e me deitava na cama. No copo senti evolução para fruta vermelha, fresca. Leve mineral.
Na boca, comportamento fresco e fino. Taninos e acidez muito correctos. Leve secura nas gengivas. Nada de estrondos. Acetinado. Olhem outra palavra nova! Final médio/curto com leve rasto balsâmico.
Acompanhou muito bem um bacalhau frito. Um exemplo de que se pode obter prazer sem entrar em excessos, sem brutalidades. Gostei dele. Cumpriu muito bem durante a minha refeição, sem nunca fartar. Presente, mas sem lantejoulas, sem focos, sem foguetes. Preço? Sinceramente não me lembro. Tenho vaga memória de que não magoava a carteira.
Nota Pessoal: 15

2 comentários:

Copo de 3 disse...

Mais um vinho que do nada caiu nas graças de alguns... ou eu ando muito pouco atento ou é uma nova febre imposta por alguns ?

O vinho que aqui provas custa 10 euros no Carrefour... não me parece que seja merecedor de uma prova atenta visto que por 10€ ou até menos temos vinhos bem melhores.

Pingus Vinicus disse...

João, sabes que comigo, nada cai na graça como muita facilidade, nem partilho febres! ehehe

Tinha este vinho em minha casa faz tempo e resolvi bebê-lo! E gostei dele.

Nem sabia, com toda a sinceridade, que ele custava 10€ no Carrefour.
Comprei-o nas Coisas do Arco do Vinho.

Um abraço Rui