terça-feira, Janeiro 30, 2007

Churchill Estates 2004

Esta Casa do Douro é/era mais conhecida, pelo menos para mim, por causa dos vinhos do Porto que produz e não tanto pelos seus vinhos de mesa. Conta-se por aí que o Douro descobriu muito recentemente que também sabe e pode fazer vinhos para a mesa. E olhando para algumas discussões entre membros da minha família paterna (Douro Superior), recordo que o tema central sempre foi o vinho fino. A arca do tesouro enchia, no passado, à custa do licoroso. Raramente se apostava, se via um vinho de mesa digno de registo. As excepções eram muito poucas (Barca Velha e Quinta do Côtto Grande Escolha). A Graham's, portanto, não é excepção nesta recente descoberta.
Outro aspecto curioso também para mim, nesta região demarcada, é a pouca consistência que as gamas intermédias possuem. Dito de outra forma, o pouco entusiasmo que provocam (em mim). Geralmente as atenções, os investimentos dos produtores e consumidores estão direccionados para os topo de gama, para as pingas que custam mais de 25€ (e baixei o intervalo). Pouco se fala daquelas que se situam em patamares de custo abaixo dos 15€/10€ para o consumidor. Estratégia assumida? Provocando um pouco mais as hostes enófilas, diria que o Douro é a região de ricos, para ricos (estou a falar de vinhos). Um clube fechado. Às vezes, parece um carro topo de gama a circular na auto-estrada. Nós, eu fico a olhar para eles a passarem por mim.
Este Churchill, pareceu-me ser uma predada no charco. Muito equiilbrado, harmonioso, com elegância. Juntava, conciliava de forma muito correcta a fruta, a esteva, o balsâmico. Sentia-se, algures, um leve traço a LBV, mas sem nunca entrar em excessos. Um vinho com alguma finesse e requinte. Custou-me sensivelmente 10€. Provem e depois digam-me qualquer coisa. Se não gostarem, amigos como sempre.
Nota Pessoal: 16

17 comentários:

Chapim disse...

Venham mais pedradas como esta no charco dos vinhos do Douro até 15 euros!! Já existem alguns mas continuam a ser poucos com qualidade lembrando assim de cabeça o Vértice, Vertente, Passadouro, Qt de la Rosa...

Enfim apareçam!!!

Nuno de Oliveira Garcia disse...

"Provocando um pouco mais as hostes enófilas..."

Gosto demasiado do Rui para me deixar provocar, mas parece-me que existe um bom punhado de vinhos durienses até 15 € (só em Janeiro no "Saca" falei de 2 ou 3). A questão é que - parece-me... - as atenções estão demasiado centradas nos topos de gama e nas quintas famosas.

Eg: quando um Pintas é lançado no mercado, ou um Vale Meão, todo o mundo fala deles, escrevem-se artigos, etc. Já quando se trata de um Quinta das Apegadas, Quinta da Padrela, Glória, VDS, Além Tanha, pouco se fala.

N.

VinhoDaCasa disse...

Eu percebo o que o Rui quer dizer... No entanto deixo aqui mais algumas sugestões:
Prazo de Roriz
Quinta do Crasto
Quinta do Cotto
Porca de Murça Reserva
Ével Grande Escolha
Valle do Nídeo

AJS disse...

Ainda não provei este Churchill, mas fiquei cheio de curiosidade. Quer o "Saca" quer o "Vinho do casa" têm razão, mas eu, mais uma vez, gostava de chamar à atenção que o fenómeno preço no Douro tem a ver com a "descoberta recente" dos vinhos de mesa. A seu tempo a maioria vai descer para patamares mais aceitaveis. O problema, na maioria dos casos, está na especulação de muitos intermediários. Podem ter a certeza que não são os produtores que estão a ganhar a parte de leão. Mesmo em alguns vinhos de referência. Lembro que, aquando do nosso encontro recente na York House, um dos vinhos que levei, o Sirga, foi comprado por alguns dos presentes de 15€ a 30€. Isto diz tudo. AJS

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Amigo AJS,

Eu confirmo que já vi o Sirga a 30€.

Por isso, e sobretudo por gostar desse néctar, deves imaginar como gostaria de o comprar a 15€.

N.

VinhoDaCasa disse...

Eu já vi o Poeira a 22 euros e também já o vi a 40 euros!!!

É quase leve uma pague duas :)

A especulação no Douro é maior que em qualquer região Portuguesa. O AJS tem toda a razão!

AJS disse...

Caro Nuno o Sirga no Vinho e Coisas em Matosinhos está por volta dos 20€ talvez mesmo menos. Boa sorte.AJS

Chapim disse...

NO Gourmet do ECI vi hoje por 18,5 euros o Sirga! E aproveitei e trouxe 2 botelhas do Churchill a 10,9 euros!

Boas provas!

Pingus Vinicus disse...

Malta, não aceito reclamações se eventualmente não gostarem do Churchill :)

O AJS, como sempre no seu estilo ponderado toca num ponto muito importante: "fenómeno preço no Douro tem a ver com a descoberta recente dos vinhos de mesa".
No entanto não sei se a maioria dos vinhos vai situar-se, no futuro, em patamares mais aceitáveis para os consumidores.

AJS disse...

Aqui vai mais uma pedrada. Hoje de manhã comprei a BW de Janeiro. Numa das rubricas, as "Boas Compras" vinha um Douro, Castelo D'Alba Colheita seleccionada 2004 a 2,80€, com uma apreciação boa, 15,5 pontos.Fui ao Continente, comprei uma garrafa, por menos do que isso, 2,72€, que foi a minha companhia no jantar. Muito agradavel apesar de algumas discordâncias com a apreciação da BW. Não achei muito encorpado e por outro lado os taninos pareceram-me pouco consistentes. A fruta madura tem efectivamente um aroma um pouco enjoativo. Por estas caracteristicas não sei se terá assim uma vida tão prolongada como lhe dá a revista. No entatnto está eleito um dos meus vinhos para todos os dias. Amanhã vou ao Continente comprar todoas as garrafas disponiveis.Por mim 15 valores. Está aqui um exemplo que não sei se é possivel, por este preço, existir em qualquer outra região do país, Alentejo incluido. De realçar que apesar de ser Douro Superior, e logo os custos de produção poderem ser mais baixos, estamos de qualquer forma a falar do Douro. Será uma questão a ser discutida por este e outros blogues. AJS

João Barbosa disse...

Churchill ao poder! é belo!

Copo de 3 disse...

No WinePt do Luis Ferreira tá ainda mais barato, 17,90€

Quanto aos vinhos da VDS, nem é preciso falar muito deles, em casa na minha garrafeira seja na de guarda ou na de consumo diário têm lugar garantido.

jms disse...

Meu caro, como quem provoca, pretende reacções, aqui vai um conjunto de vinhos que poderemos considerar de gama intermédia do Douro, mais haverá.
Tintos (entre 8 e 15 euros):Montevalle Reserva, 3 Bagos, Andreza, Qta. de la Rosa, CARM Colheita Seleccionada, Altano Reserva, Prazo de Roriz, Vertente, Gambozinos, Cistus Reserva, Brunheda, Ardosino, Meandro, Vallado, Calheiros Cruz, Post Scriptum, Qta 4 Ventos, Qta Peça, qta Crasto, Muxagat, Vinha Grande, Fagote Reserva, Qta Aciprestes Reserva, Qta Urze.

Brancos (entre 6 e 12 euros): Montevalle, Porca de Murça Reserva, Branco da Gaivosa, 3 Bagos, Castello d'Alba Vinhas Velhas, Muxagat, Redoma.

Faltarão mais outros tantos? E faltam de entre os referidos outros da mesma marca, mas mono castas.

É evidente que concordo que os vinhos topo de gama e os troféu fazem sombra a estes vinhos intermédios.

VinhoDaCasa disse...

Concordo plenamente com o Castello D'Alba Colheita caro AJS.
Permita-me que lhe aconselhe um outro vinho excelente RQP:
Experimente nesse mesmo Continente o Reserva 2001 marca CONTINENTE.

É um vinho que custa 2,99 euros e que para mim vale nota 15/15,5.
Bebi-o há bem pouco tempo e ainda estava em plena forma, tostado, com notas da barrica ainda muito boas e fruta preta de bom nível.


PS: este vinho levou chumbo da Blue Wine. Arrisque e verá se não vale a pena os 3 euros.

Nuno de Oliveira Garcia disse...

Amigos,

1- ... para não falar do Calços do Tanha;

2- O Sirga no winePT está a bom preço, mas os portes de envio e a obrigação de comprar 6 dificultam a escolha;

3- Ainda não comprei a BW Janeiro. Como é são as notas do RRA? Baixas ou muito baixas?;

4- Os VDS também habituam a minha garrafeira faz muito tempo.

N.

Pedro Sousa (P.T.) disse...

Atenção ao reserva 2003 Castelo d`Alba à venda no Jumbo por 4€ e qualquer coisa, para mim exelente relação qualidade preço. Quanto ao resto da conversa, que já foi aqui discutida várias vezes, e ainda bem, volto ao mesmo, não temos a culpa de ter boca de rico e carteira de pobre...ou melhor de remediado! Abraço a todos.

Paulo Pacheco disse...

Eu ai aqui já dar uma "carrada" de exemplos mas são quase todos VDS como por exemplo o COA :)

no entanto já agora deixo os meus "dois centimos":

VISEU DE CARVALHO.. que pela pinga!

ou ainda da mesma casa o CSE Reserva... Imperdivel