quarta-feira, março 24, 2010

Douro de Luxo!

Uma tripla destas merecia estar na minha garrafeira em quantidades aceitáveis. Infelizmente, e a coberto da inveja que tenho, nem uma habita na cave. Coisas da vida.
É puro gozo (não acham?) traçar umas quantas linhas opinativas sobre vinhos deste calibre. Qualquer que seja o vocábulo utilizado pelo autor, fica a ideia que o objectivo principal da narrativa é meter pirraça ao povo.  Depois, e por momentos breves, parecemos verdadeiros criticadores, tal como os da RV, Wine e similares.

São, portanto, três brinquedos (Lembram-se da novela dos brinquedos caros?) produzidos, em 2004, com o máximo cuidado, cheios de extras, vendidos a alto preço e com reduzida tiragem. Puros topos de gama que ficariam bem em cima de um capô e ao lado daquelas figuras curvilíneas que vão rodopiando em redor das potentes máquinas.
Escolher um, em detrimento de outro, resume-se simplesmente a questões de circunstância e pouco mais.

O Pintas mostrou ser, no copo, um vinho potente, cheio. Coberto de sensações minerais e com uma valente carga vegetal. A indiciar possuir estrutura mais que suficiente para crescer e amadurecer. Nota Pessoal: 17,5
O Charme apostou noutros argumentos. Elegante e clássico no trato. Aquele toque fumado é facilmente caçado, mesmo às cegas. Cheiros de terra e fruta, num registo penetrante e subtil. Um toque de menta, quiçá hortelã, dava-lhe frescura. Nota Pessoal: 18
O Abandonado é um daqueles vinhos superlativos, com muita coisa levada ao extremo. Exótico, diferente. Mentol, especiarias, chá, madeiras de outros mundos e outras coisas. É dado à imaginação e a comparações mais ou menos absurdas.  Vale por si mesmo e dispensa qualquer acompanhamento. Nota Pessoal: 17,5

Termino com um pedido: Existirá, nesta imensa rede, alguém que queira oferecer-me novamente esta tripla ou outra parecida?

12 comentários:

Antonio disse...

Grande prova, sim senhor!
Gostaria de te proporcionar a mesma mas nao tenho nenhum desses vinhos...
Provei-os em eventos e de facto sao fantasticos.
Mas alguma alguma garrafa se vai encontrar para as ferias da Pascoa ;)

LM disse...

Caro, deu-me um gozo ler este post.

Pedro Sousa P.T. disse...

Grande trio!!!
Pelo menos dou-me muito satisfeito de já ter um terço de satisfação deste cenário. Pois o Pintas já me passou pelo estreito.


Abraço

AJS disse...

Esta tripla não é impossivel de repetir, mas estás convidado, quando apareceres por estes lados e te dignares a dar uma apitadela a fazer provas desse calibre.
Um grande abraço. AJS

Pratas disse...

Sortudo :) De facto não é sempre que temos oportunidades dessas. Mas é no entanto para sempre que guardamos as memórias delas. 1 Abraço

VinhoDaCasa disse...

O Charme 2004 é para mim um dos melhores vinhos portugueses. Dá-me (deu-me) sempre um prazer brutal bebê-lo. Perdi-me completamente sempre que o bebi

É o meu Charme preferido...

Bela prova Pingus

abraço

Pingus Vinicus disse...

AJS vais andar por aí na Páscoa? Olha que ainda vou apitar.

Frexou não falamos à muito tempo.

Pedro Sousa, que andas a fazer? Temos que programar qualquer coisa.

Pratas, está na altura de nos conhecermos.

António, em principio estarei em Gouveia logo na quinta-feira santa. (tens contacto telefónico?)

Um abraço a todos.

ajserodio@gmail.com disse...

Estou em casa até ao domingo de pascoa. Na semana seguinte vou a pé a santiago de compostela para fazer uma peregrinação pela rota do albariño.
Sabes que és sempre bem vindo.AJS

Santiago Maritávora disse...

Bom dia, estamos a lançar um projecto de blogue de vinhos diferente e associado à Quinta de Maritávora. Neste espaço pretende-se falar de vinho como prazer, da literatura, aos saberes populares, à pintura e às demais artes ou ciências ligadas ao vinho. Não vamos ter crítica de vinhos nem será um blogue comercial, mas um espaço de prazer ligado ao vinho. Será um prazer receber-vos. Para qualquer contributo podem escrever para santiagomaritavora@gmail.com

Pedro Sousa P.T. disse...

Como tu dizes, e bem, "vivemos no mesmo planeta", por enquanto :)
Ando a fazer o circuíto dos anfitriões, aqui da nossa mini confraria. Neste momento ainda sou convidado, pois faltam mais dois almoçitos/jantaritos para ser eu novamento o anfitrião. Aí quando for eu apito!
Só para te abrir o apetite, o próximo é dedicado ao Alentejo, e já estão preparadinhos para abrir, o Obsessão, o Incógnito, o Esporão Private select branco, e o Herdade dos Grous reserva branco. Nada mal hein... Depois faço o report bay mail.

Abraço

Anónimo disse...

Bém isto deve ser de outro mundo, mas um dia ainda os vou esperimentar, só se esgotarem entretanto.

Pingus Vinicus disse...

Bém, o meu estimado anónimo veio com força. Continue por aqui, eu gostei de ler os seus comentários.
Se quiser podemos tomar um copo.

Quanto aos vinhos em causa, esteja descansado, eles não esgotam.