segunda-feira, Novembro 29, 2010

Desilusões

E quando pensamos que temos um vinho que, durante anos esteve a enriquecer na garrafa, a refinar, a evoluir com dignidade, esperando calmamente pelo fatídico momento em que irá ser extinto?
E quando reparamos que todo aquele trato, toda aquela espera resultou em nada, dando meramente originem a um líquido amorfo, sem cheiros, sem sabores, sem histórias para contar? 

A ira acerca-se de forma violenta e bruta. Ficamos irascíveis, possessos por ver que o vinho que estava dentro daquela garrafa não mereceu nenhum dos carinhos dados ao longo da sua vida. Estupidez a nossa.

8 comentários:

Emilio disse...

Olà Rui e olà tud@s!

Sim, nenhúm gosta desse momento. Mas, uma pergunta: e pior isso, ou é pior nâo ter paciença (que é o que eu faço)?

Saudaçoes e grande abraço, Rui!

Miguel Pereira disse...

Rui, curiosamente também abrimos uma dessas neste fds. Desilusão!!!

Pingus Vinicus disse...

Parece que foi combinado.

De facto, o vinho que estava na garrafa que abri estava completamente off.

O mais engraçado, ou não, é que não há muito tempo tinha bebido outra e estava bem boa.

São tiros de sorte ou não, não sei!

Dei uma espreitadela ao que disseste, e eu encaro estes acontecimentos como desilusões e não tanto como enganos. Isto é tão aleatório que não consigo encontrar uma regra. Umas vezes saiem bem ou nem tanto. Umas sabem-me bem, outras nem tanto.

João de Carvalho disse...

2 Garrafas é suficiente para numa determinada revista um vinho aparecer com nota abaixo do esperado e merecido... este mostrou que já foi.. deixou de o ser. A quem os comprou para a próxima não se deixem enganar e comprem vinhos a sério :)

Pingus Vinicus disse...

Não me digas, meu amigo, que me deixo enganar. ;)

WineWine disse...

Eu abri aqui há dias e houve quem gostasse. Na minha opinião, "foi chão que já deu uvas" ou se calhar nem isso. Pareceu-me demasiado desligado de sensações, de vida, de aromas, de paladar para que um dia tenha sido um grande vinho.

Pingus Vinicus disse...

Estimado WineWine (não bastava apenas uma vez Wine?), como disse, acho, também há pouco tempo bebi uma garrafa deste mesmo vinho e ele estava são. Infelizmente a que tinha em minha casa, estava amorfa. É a vida. Devia-a ter bebido há mais tempo. provavelmente as condições de guarda que tenho em minha casa não serão as melhores.

Mas digo-lhe, que houve um dia em que ele eram bem bom. Se era um grande vinho? Bom isso, depende da opinião de cada um :)

Pingus Vinicus disse...

Houve mais um colega Blogger que provou o vinho e segundo as suas palavras, mesmo não sendo tão duras como as nossas, o vinho anda por caminhos menos interessantes. Começa muita gente a dizer o mesmo. Será que temos de generalizar? E se "nos metem nas mãos" uma garrafa toda porreira?