domingo, Março 06, 2011

Detesto que façam isto!

Colocar numa mesa vinhos com pedigree díspares, com preços posicionados nos antípodas,  pode ser encarado, para muitos, como uma provocação, uma brincadeira de mau gosto e sem sentido. O risco da coisa correr mal é grande, porque à partida será uma peleja desigual, com um vencedor já talhado.
Mas nem sempre a coisa corre como o esperado. Por diversos momentos, apontei o dedo, isto é preferi os mais modestos. Coisa estranha, não?
Após uma lide, mais uma jogatana, sou confrontado com dois vinhos, do Douro, de valor pecuniário bem diferente. Um (Chryseia 05) destinado à nobreza, aos oligarcas, às castas mandantes e reinantes. O outro (Castello D'Alba 08), mais popular, é produto para o povo, maltrapilhos, para a gente suja e ruidosa.
Pois bem, o segundo, representante da plebe, jogou de igual para igual com o primeiro, embaixador da nobreza, sem dar sinais servilismo. A vitória do primeiro foi dura, ficando a sua honra manchada pela incapacidade de deitar ao chão o segundo. Foi por pontos.  Os espectadores, esses, ficaram boquiabertos e nada satisfeitos com o que tinham acabado de presenciar. Quem gosta de assistir a um espectáculo destes?

11 comentários:

Pedro Sousa P.T. disse...

Ou seja, levando a conversa para o futebol, o Arrentela FC deu um tratado de bola ao SLB, e só perdeu nas grandes penalidades, e mesmos assim foi mesmo na última que mandou a bola à barra.
Gosto destes jogos.
Já tinha bebido o chryseia 04 com dois comparças, e quando chgámos ao fim da garrafa, interrogei-me: Será que vale a pena gastar 30 ou 40 euros numa garrafa, quando o mercado está carregado de boas mais valias relação qualidade/preço, só para dizer; Eu bebi esta!!! Decididamente, não!!!


Abraço

Pingus Vinicus disse...

Pedro, é essa mesma sensação. Brilhante a tua comparação.
Um forte abraço

Nuno Ciríaco disse...

Boa. Por acaso gosto bastante dos vinhos Castello D´Alba e concordo em pleno com o Pedro. Será que valerá a pena gastar mais que 30€ numa garrafa de vinho?

Pingus Vinicus disse...

Nuno, parece-me, salvo alguns casos, que, de facto, não existe justificação para gastarmos mais de 30€ por uma garrafa de vinho.

E isto ainda vai baixar mais.

Sérgio Lopes disse...

Pefeitamente de acordo!

Anónimo disse...

Já a algum tempo(um bom par de meses) descobri os Castello D'Alba, desde os brancos aos tintos têm muito bons vinhos com uma otima relação preço/qualidade, e o meu preferido é o reserva branco.

Saudações

Norberto Lima

Pingus Vinicus disse...

Estimado Noberto, olhando para o portefólio da VDS, direi que os brancos são meus preferidos.

Saudações

Arnaud disse...

Confesso que fico com saudades do Castello d'Alba Vinhas Velhas 2006 - um branco diferente. É uma pena que não tenham resistido às sereias da modernice, embora possa perceber a tentativa da VDS de acompanhar o mercado já que têm muito vinho por vender. Enfim, um vinho de niche com personalidade não ficava mal no portefolio, digo eu.....

Arnaud

Pingus Vinicus disse...

Concordo contigo Arnaud. O VV era um vinho difrente, de nicho como dizes.

Anónimo disse...

Ninguém diga isto aos produtores do Castelo d'alba que eles passam a vender o vinho a 30€.

Eu sou um dos poucos que prefiro o PS ao Chryseia. O Chryseia tem um travo demasiado intenso a madeira que oculta o resto dos aromas e sabores.

Um abr
NF

Pingus Vinicus disse...

Atenção, o Chryeia foi o preferido, o problema é que a sua margem na vitória não foi arrebatadora. O Pedro Sousa PT, no primeiro post, retrata muito bem o cenário.

Questões destas fazem-nos reflectir sobre o preço de alguns, muitos, vinhos.