sexta-feira, Setembro 09, 2011

Altano Symington Branco

Intervalando as temáticas, apraz-me partilhar com a i-enolifia uma (boa) proposta no que que concerne a vinhos brancos. O tempo, ainda, pede vinhos de cor mais clara e como tal está de acordo com a época.
Este, Altano da Colheita 2010, branco da Symington, surge-nos com roupagem nova, bem mais atraente, sem chegar a exageros decorativos. Está sobrio e puxa pelo consumidor. A vestimenta antiga necessitava de urgente remodelação. Era simplicidade a mais. Porque os olhos também bebem

O vinho está franco e cristalino. Sadio, leve e sem complicar. Dispõe de razoável leque de cheiros e sabores que cambiam entre a fruta, mais ou menos tropical, e a vincada vegetabilidade que nos reporta para o espargo e folhas verdes. Tudo bem entrosado como se quer e pretende em vinhos deste patamar (com pvp inferior a quatro euros), mas, ainda assim, possuidor de alguma diferenciação. Parece-me que merece ser destacado e por isso, se me permitem o conselho, comprem.

3 comentários:

ricardo disse...

Acabei a comprar o tinto no Domingo à noite.
E gostei.

Pingus Vinicus disse...

Aquele que dizia uvas próprias? :)

zone41 disse...

Sim, sim.