terça-feira, Novembro 01, 2011

O Pingus gostou destes (Os eleitos de 2011)

É mais uma selecção de vinhos que partilho com a i-enofilia. Já lá vão cinco publicações sobre a matéria. Desta vez, e por causa da extinção de qualquer classificação ou menção quantitativa, os critérios são ainda mais atacáveis. A sua justificação assenta em aspectos, quiçá, mais obscuros, mais tendenciosos, mais emocionais. A independência, cousa que não sei, é conceito estranho, e complicado na definição. E felizes aqueles que a têm.

São vinhos que, por diversos motivos, surpreenderam. Continuam a não ser tidos e nem achados outros vinhos que eventualmente bebi ou vocês beberam. Não teria, como sempre, qualquer sentido mencionar nomes que não foram falados no Pingas no Copo.

Sobre o que está em causa, e se voltasse a beber, a minha opinião poderia ser, quase na certa, outra. Tal como no passado, cada vinho tem um link para o respectivo texto.

Minho
Soalheiro Reserva 2008

Douro
Quanta Terra (Branco) Grande Reserva 2009
Vértice (Branco) 2009
Quinta da Covada Reserva 2008
Dona Matilde Reserva 2007

Dão
Barão de Nelas Touriga Nacional 2007
Casa da Passarela Vinhas Velhas 2008
Casa da Passarela Rosé 2010
Quinta da Pellada Jaen 2000
Quinta da Pellada Baga 2000
Quinta da Garrida Touriga Nacional 2004
Quinta das Marias Rosé 2009
Quinta das Marias Encruzado (sem barricas) 2009
Quinta das Marias Touriga Nacional 2008
Quinta das Marias Touriga Nacional 2007
Quinta do Gonçalvinho Rosé 2010
Quinta do Corujão Touriga Nacional 2000
Quinta do Corujão Garrafeira 2005
Quinta do Escudial Vinhas Velhas 2007
Monte Aljão Raro 2004

Bairrada/Beiras
Calda Bordaleza 2005
Campolargo Branco 2009
Campolargo Pinot Noir 2008
Caves de São João Reserva 2007
Frei João (Bairrada) Branco Reserva 2009
Quinta dos Cozinheiros Maria Gomes 2009
Quinta dos Cozinheiros Lagar 2004
Quinta dos Cozinheiros Poeirinho 2003
Sidónio de Sousa Garrafeira 2005

Bucelas
Myrtus Reserva 2008

Alentejo
Altas Quintas Reserva-do 2005

Outros
Anima L4

Estrangeiros
Ossian 2008
Château de Pressac 2005

Madeira
Cossart Gordon Madeira Bual 1969

Porto
Vinho da Menina Colheita 1930
Quinta do Noval Colheita 1968
Graham's Vintage 2007
Taylor Vintage 2009

5 comentários:

Valter Costa disse...

Rui então meter o Anima L4 em outros? Não é um Terras do Sado?

Pingus Vinicus disse...

Valter sabes que "não tem região". É vinho de mesa. Foi uma opção :)

Rui Lourenço Pereira disse...

Apenas uma correcção: Terras do Sado não existe como região faz anos. O nome seria Península de Setúbal.

paulo disse...

Grande Dão!! Os teus eleitos a demonstrarem o real pais vitinicola!! A tua listagem talvez esteja á frente no tempo.... talvez dentro de dez anos a real preferencia do consumidor....ou talvez menos de dez anos!!! Abraço amigo

Pingus Vinicus disse...

Paulo, obrigado pelas tuas palavras.
Aquele abraço