sábado, Outubro 01, 2011

Soalheiro, na versão Gigante!

O tempo, de canícula, assim o ditou e ao invés de beber outra coisa qualquer, optou-se por algo de grandes dimensões e carregada de conteúdo fresco e refrescante.

Curioso reparar que há diferenças, significativas, entre as versões normais e versões de maior capacidade de armazenamento. E já viram ou imaginaram o enorme gozo que é pegar em tamanha estrutura, por forma a servir, decentemente o copo, sem perder qualquer pinga?

2 comentários:

ricardo disse...

Parecem espingardas!

Que estas balas te tenham refrescado!

Pingus Vinicus disse...

Ricardo, ficámos sem munições. Que calor!