sábado, Novembro 24, 2012

Tons de Duorum

Palavras curtas, frases de curta dimensão, não porque o vinho não merece, mas sim porque não tenho grande coisa para dizer. Facto normalíssimo.


Vinho tinto, daqui, de largo espectro, que facilmente se poderá encontrar. Depois, e olhando para o que se avizinha, será uma escolha bem óbvia, por causa do preço (menos de quatro euros).


Um vinho bem fresco, de pendor levemente vegetal, nada maçador, nem cansativo, nada enjoativo, marcadamente duriense. E posto isto, que se beba.

Post Scriptum: O Vinho oferecido pelo Produtor.

4 comentários:

Olga Cardoso disse...

Venho sempre espreitar o teu quintal na esperança de encontrar um Chablis de primeira linha ou um Médoc que me faça sonhar, mas em vez disso levo com Duques de Viseu e Tons de Duorum!Estou a ficar preocupada contigo! É que assim, nem visibilidade...nem Top 100! :-)

Pingus Vinicus disse...

Estimada Olga, sou um blog recôndito, sem qualquer visibilidade. Apenas entretenho-me a jogar com as palavras. Ora bolas ;)

Olga Cardoso disse...

:-)))

Anónimo disse...

quanto ao tons, seja o branco ou o tinto, só o preço é curto. ambos irrepreensíveis pelo que custam.