terça-feira, novembro 05, 2013

Desnível

A perspectiva dá-nos uma visão que pode ser, consoante o caso, nivelada ou desnivelada. Costuma-se dizer que é tudo uma questão de perspectiva. Uma verdade de La Palisse.


E ando, não sei porquê, com a ideia que estou completamente desnivelado. É que olhando, partindo do meu ponto de referência, tudo me parece (desnivelado) nivelado. Não sei. É a tal perspectiva, de que (vos) falava à pouco.


Olho ou miro ou observo, como queiram, para o horizonte e quase tudo aparenta estar demasiado certinho, demasiado alinhado, demasiado perfeito. Mas, dou de barato, que possa estar errada a minha perspectiva. 


Vejo-me aflito, deveras aflito, para encontrar alguém que olhe da mesma maneira, que observe do mesmo ponto de referência. Que tenha, vá lá, a mesma perspectiva. Mas não. Anda tudo nivelado.

Post Scriptum: O Vinho que enquadra o post foi oferecido pelo Produtor.

Sem comentários: