quarta-feira, março 05, 2014

Dão à Bordalesa

O acontecimento não é novo, já foi falado por muitos recantos, o objectivo do post é meramente marcar posição pública. A minha. Mas creio que vou ter que morder a língua, no futuro, quando começar a ver à minha frente produtores, cada vez mais produtores, a servirem o seu vinho à bordalesa


Gosto de uma boa lampreia à bordalesa, de muita coisa feita à bordalesa, mas vinho do Dão à bordalesa, perdoem-me o preconceito, o exagerado classicismo, é algo que espero não ingerir. Parece-me indigesto, pouco conseguido, despropositado e incaracterístico. Só espero é não ter que morder a língua no futuro. Mas até lá.


2 comentários:

Flavio Henrique disse...

Caro Pingus,
Você se refere ao conteúdo ou só à garrafa? Se for ao conteúdo, pior ainda. Embora a mudança da garrafa seja um começo... Quando o Dão produzir vinhos à bordalesa, ficarei muito triste. Já está acontecendo isso com a Bairrada, infelizmente.
Abraços,
Flavio

Anónimo disse...

Por acaso no Rio Dão podem-se encontrar umas lampreias. Como se comem, depende de cada um.