sábado, março 01, 2014

Diga?

Ultrapassada uma semana sem dizer qualquer palavra, encosto neste dia em estado não muito diferente dos outros. Creio que do vosso lado, estarão à espera que diga alguma (ou mais uma) bacorada sem qualquer sentido, entrando e saindo sem esclarecer coisa nenhuma. Regressar ou retornar ao normal, é procedimento moroso.



Com isto tudo, digo mais o quê? Digo que o vinho era ou estava bem bom. Digo que estava muito bem de saúde, que deu um rol de gozo. Digo mais o quê? Digo, talvez, que é a vossa vez de dizerem qualquer coisa, nem que digam nada como eu. É que no meio do silêncio também se diz muito.

4 comentários:

Anónimo disse...

Boa tarde
pois então vou eu quebrar o silêncio. E que tal provar vinhos de outras regiões?
OK, já vi aqui Dão, Douro, Bairrada, Lisboa, Beira Interior, Alentejo, Portos, Madeiras...
OK mas e que tal falar de vinhos do Tejo, de Setúbal, do Algarve, de Trás-os-Montes?
Fico à espera de resposta
Ricardo

Raul José (Viseu) disse...

Este é é vinho que poderia aproveitar para dizer alguma coisa de jeito já que se chama Diga?
Descobri este blog no incio deste mês e ainda não fui capaz de perceber um vinho sequer. Peço desculpa se vim ao engano mas apareci pensando ser um blog de vinho. Mas apesar das fotos 99% do texto fala de tudo menos do vinho. Adeus.

Pingus Vinicus disse...

Estimado Raul José, as fotos são puro engano. São um engodo, não perca tempo por aqui, se pretende ler notas de prova. Há muito bom trabalho do género noutros blogs.
Adeus

Pingus Vinicus disse...

Ricardo, percebo e entendo os seus comentários. Sobre as regiões que fala, sou franco consigo. Afastei-me, na generalidade, dos vinhos de Setúbal. De Trás-os-Montes, é por vezes complicado conseguir. De Lisboa, devo dizer-lhe que é uma região, principalmente no que respeita a brancos, que me tem cativado muito. Algarve, assumo que estão longe do meu olhar.
Obrigado pela participação.