sexta-feira, outubro 09, 2015

A Primeira Paixão

Ter paixões coloca-nos no patamar mais elevado da humanidade. A paixão é tudo ao mesmo tempo. Congrega dentro dela um misto de sentimentos, de emoções que são, na sua grande maioria, conflituosos entre si. Num ápice deixamos de gostar para passarmos a odiar e voltamos, com a mesma velocidade, a gostar ou amar. Um vai e vem louco.

Fresco e com boa intensidade.
Gosta-se, ama-se, desgosta-se, detesta-se. Tudo ao mesmo tempo e de forma arrebatadora, pouco lúcida, pouco consciente. Pouco reflectida.


E no reino das paixões, dizem que a Primeira é aquela que fica para sempre, é aquela que se irá recordar, até, nos últimos instantes. Será lembrada, talvez, não sei, como uma memória de uma juventude que se teve há muito tempo e que nunca mais voltou. 

1 comentário:

João Crespo disse...

Está a decorrer uma Feira de Vinhos no Jumbo. http://local.pt/portugal/mais-de-400-referencias-na-feira-de-vinhos-do-jumbo/ Vinhos a bons preços, aproveitem!