quinta-feira, maio 19, 2016

WTF!? Será Vinho Processado?

O mundo dos prémios de vinho continua a surpreender-me. A imaginação, como sabemos, permite criar todo o tipo de categorização. Prémios, concursos, medalhas para isto e para aquilo. Nada contra, só é preciso relativizar, avaliar a importância de cada uma das menções atribuídas. Sei que faz parte do jogo. 
Pensando que já tinha visto de tudo, ainda consigo ficar de queixo caído com algumas condecorações, que são completamente ridículas. Dignas de um palco circense, com todo o respeito para os aficionados e praticantes da arte. 


A última pérola apanhada neste profícuo e imaginativo universo dos concursos, foi ver um vinho vencedor de uma categoria que se chama, vejam lá isto, Produto Processado!? Processado? Processado de que forma? Podemos fazer o paralelismo com a comida processada? Será feito como um hambúrguer, como os nuggets? Feito às três pancadas? Numa bimby? Numa misturadora?
O ridículo e o despropósito  é de tal ordem aqui, que tornam as categorias e prémios W em algo quase normal e aceitável. Quase. 

3 comentários:

JSP disse...

não terá havido interesse (massa crítica) suficiente para criar uma categoria só de vinho:

https://web.archive.org/web/20160323012611/http://www.premiointermarche.pt/vencedores/

assim, porque o vinho é um produto processado, na medida em que não vai directo de uma fonte para dentro da garrafa - mas imaginá-lo faz-me sorrir - e se o tivessem incluído na categoria "frutas e preparados de frutas" talvez ainda fosse mais estranho...

Pingus Vinicus disse...

:)

Bruno Belfo disse...

Artigo Interessante