domingo, outubro 02, 2016

Quinta da Covada: Mais uma Garrafa Vazia!

É disto que gosto! Porra, é disto que gosto. Foi beber e beber até aparecer o fundo da garrafa. Ficou sem viva alma do vinho. A garrafa. Ainda olhei lá para baixo. Ainda a sacudi. Mas népias! Tinha ido tudo a uma velocidade estonteante. Caramba. Mais houvesse.



Epá, escorria pela goela abaixo que nem uma beleza. Aquilo parecia ter qualquer composto que nos agarrava, tal viciado. Frescura a toda a largura, secura do principio ao fim. Não havia cá tretas disto ou daquilo. É vinho. Era vinho. E olhem que às vezes não é fácil encontrar um. 

Post Scriptum: O Vinho foi oferecido pelo Produtor. 

1 comentário:

João Pedro Carvalho disse...

Belo tinto, sim senhor, com aquela carga vegetal que tão bem fica e tão esquecida anda por tanta enologia das modas. Foi de fio a pavio... nem uma gota ficou de recordação na garrafa. :)