terça-feira, novembro 08, 2016

São mesmo muitos!

Mantendo o registo trumpista das últimas horas. No período que vulgarmente chamamos de café da manhã, fui passando as vistas pelas notícias que vinham no papel, bem como pelas imagens, graçolas, comentários e imagens que circulam pelos mais diversos recantos digitais. Fui dando de frente com a imensidão de malta que é especializada e conhecedora nas mais diversas matérias. Especializada e com carteira de crítico. 


Não sabia que a dimensão era assim tão avassaladora. Julgava que muita desta malta era simplesmente curiosa, que fazia as coisas com paixão, completamente desinteressada. Que estariam despojados de qualquer objectivo e que não tinham qualquer pejo em mandar umas graçolas para o ar. Senti-me, devo partilhar, esmagado e pequenino (mais ainda), pois são mesmo muitos. Nasceram do nada. E eu a julgar que era o único. Tá mal.

Sem comentários: