segunda-feira, fevereiro 06, 2017

Madeira da Melhor!

Dava para perceber que não foram feitas poupanças com a madeira. Sentia-se que a madeira era de elevada qualidade. Não era qualquer uma que estava ali. Notava-se inequivocamente que tinham sido usadas barricas topo de gama, proporcionando, deste modo, as melhores sensações que a madeira que nos pode oferecer. 



Madeira irrepreensível a todos os níveis. Da melhor que pode haver. Era impossível ficar indiferente aos predicados que a madeira tinha. Eu não fiquei. Não deve haver muitos vinhos com esta qualidade de madeira. Madeira que impressiona.

1 comentário:

Artur Hermenegildo disse...

Estou-me a rir... continuo a rir-me... viva a madeira líquida...