terça-feira, abril 25, 2017

Since 24 de Abril de 2006

A liberdade permite-nos dizer tudo ou nada. A liberdade permite-nos dizer o que nos vai na alma, correr riscos, gritar, vociferar, chorar, rir, brincar. Largar as inúmeras angústias, festejar as poucas alegrias. É pura terapia, um escape, uma bola anti-stress. A liberdade permite-nos ser independente no meio das nossas profundas dependências. Permite-nos dizer que somos influenciados, que temos amigos, que somos parciais, que não seguimos em fila indiana. Permite-nos achar isto ou aquilo sobre tudo e mais alguma coisa. 


A liberdade permite-nos afirmar que não se quer estar aí ou ali, que se quer estar aqui ou acolá, que se quer ir por outro caminho. Permite-nos pensar sobre tudo ou sobre nada, mesmo que no final se esteja errado. A liberdade permite-nos extremar ideias, mandar bocas, mesmo sabendo que mais tarde irá aparecer uma qualquer factura para ser cobrada. Mas que se lixe, depois logo se vê. E com isto só faltam mais 11 anos. Passa rápido.

Sem comentários: