segunda-feira, outubro 02, 2017

Auto de Inutilidade

Este é o chamado post inútil. Ou se quisermos o post mete nojo, que serve apenas para mostrar à malta, que também vou bebendo umas coisas raras, estranhas, diferentes. Porque a grande maioria da malta não faz ideia do que se trata, onde arranjar, quanto custa. Portanto é estar a mostrar algo que virtualmente não existe. Toma, toma, toma...



Naturalmente, dá para perceber, que este vinho foi oferecido por um grande amigalhaço. Um amigalhaço dos quatro costados. E quem não gosta de ter gajos destes que, volta na volta, espetam em cima da mesa vinhos deste calibre?

2 comentários:

Anónimo disse...

Tu bebes vinho do bom,
de amigalhaços ou não,
metes inveja ao mortal,
através do teu blogão.

Não publicas comentários?,
Então tens medo de quê?,
Afinal não estás aqui para reinar,
pois não, logo se vê!

Pingus Vinicus disse...

Meu adorado anónimo, publico quando quero, quando posso, quando me lembro, quando me apetece!

E fico à espera da próxima dedicatória.

Aquele beijinho para carinhoso