sexta-feira, outubro 06, 2017

Maria João: Ai Ca Bom ou Ca Boa?

Já falei nele, mais que uma vez, mas nunca é de mais repetir, quando existem motivos válidos (e bons) para isso. Voltei a comprar uma garrafa, depois de ter limpo o meu stock. 


Meus caros, então não é que este vinho continua a evoluir, a ganhar qualidades, a melhorar? Num estádio de grande afinação e muito equilíbrio e longe, parece-me, de definhar. Um vinho que tem aquela frescura dos vinhos brancos do Dão, capaz de suportar toda a fruta que possui, bem como controlar aquelas marcas do estágio em barrica. Está Bom, bem Bom, muito Bom. Basicamente, Ca Bom


Um vinho para combinar, quase na perfeição, com peixe potente, volumoso, assado nas brasas ou no forno. Posso dizer que está um filho da mãe de vinho. Para ser educado.

Sem comentários: