quinta-feira, janeiro 24, 2019

Chamem as coisas pelos nomes...

Chamem as coisas pelos nomes verdadeiros. Por favor. Usem outros nomes, arranjem outras denominações. O ridículo está a tomar níveis insustentáveis. 
Não há alheiras de tofu! Não há alheiras de peru. Não há alheiras de courgette. Não há farinheiras ou farinheiros de milho, nem de maçã. Dêem-lhe outro nome.  
Não há chouriços de tofu, nem de feijão ou grão. Se não há chouriços, também não há chouriças. Outra coisa, não há morcelas de beterraba e por conseguinte não há serrabulho de beterraba. E nem cabidela. Não há. É simples. Vá, ainda tolero uma feijoada feita só com vegetais


Também me custa ver salsichas de aveia ou de tofu. Tofu, o omnipresente. Ah! Já me esquecia. Também existe a soja. Tofu e Soja. E nem me lembrei do Seitan. Um trio cheio de sabor, complexidade e profundidade, que serve para tudo. Chouriços, alheiras, morcelas, salsichas, hambúrgueres, lasanhas, pão e quejandos.  A lista de bastardizações do nosso receituário é extensíssima. Malta da vida saudável, equilibrada, recta e correcta, moderem lá a vossa imaginação, por favor. 

Sem comentários: