segunda-feira, março 30, 2009

Porta dos Cavaleiros (Dão) Touriga Nacional Reserva 2007

E para que a rede social que gira à volta dos blogs não morra (já tivemos uma baixa), trago-vos mais um vinho que merece ser falado. Não é coisa de outro mundo (ou se calhar é).
O semblante aromático estava recheado de violetas e de cheiros a chocolate com leite, a chocolate branco. Caramelo e baunilha. Muito insinuante para um vinho que custou menos de seis euros. Não é um estrondo de complexidade, mas colocou no copo um conjunto de sensações agradáveis ao nariz e à boca. Redondo, bem delineado. Em momento algum apresentou-se agreste, confuso ou duro. Foi directo e sincero nos propósitos: Ser saboroso e afável.
Pitada de uma qualquer especiaria esforçava-se para dar-lhe um aspecto diferente.
A fruta era suave, com intensidade e doçura equilibrada. Amoras e morangos e outras coisas mais.
O paladar insistiu na sensação amanteigada, caramelizada e achocolatada. Mastigou-se uma curiosa gordura. Consegue, ainda assim, estar bem sustentado pela acidez.
É mais uma coqueluche de baixo preço e multifacetada.
Guloso. Tem o dom de ser bebido com muita facilidade. Esvazia-se uma garrafa (quase) sem notarmos.
Se o rótulo fosse outro, afirmaria que era de outro lugar (e não do Dão). Fiquei estupefacto com esta mudança.
Sem qualquer rasgo de presunção da minha parte, peço-vos que comprem e bebam. Tem tudo para ser um vinho de espectro alargado. Nota Pessoal: 15

Aqui entre nós, e falando baixinho, os louros da descoberta são de um velho amigo.

4 comentários:

Pedro Sousa P.T. disse...

Eu bem que o queria comprar, mas onde??? Pelo menos aqui na minha zona ainda não o vi, pelo menos nas grandes superfícies.

Pingus Vinicus disse...

Continente, vai lá ver.

AJS disse...

Já provei e vale a pena pela relação preço/qualidade. Alias estamos a ver muito esta relação no Dão. Há dias a falar com alguns enologos que trabalham essencialmente o Douro todos eram do opinião que o Dão tem potencialidades que ninguem entende porque não sai do "agarrarem-me senão vou-me a eles" muito português.
Pingus coloca fotos com menos peso porque ultimamente não as consigo abrir. Já mudei de computador mas é igual. Será que sou só eu? Abraço
AJS

Pingus Vinicus disse...

AJS, não és só tu que diz isso. Eu já tenho reparado que em alguns computadores as fotos demoram a carregar e não tem haver com o tamanho. Não percebo porquê...