sexta-feira, março 07, 2014

Touriga Nacional: Quinta do Sobral

No reino da Touriga Nacional. Não estou farto, nem uma nesga. Continuo a insistir, a teimar. Ficarei com a visão tolhida, com o paladar formatado, com os sentidos destreinados? Que seja. E em contracorrente, continuo a verter copos e copos de vinho feito, só, com Touriga Nacional.



E este que ilustra a breve súmula, a breve resenha de hoje ou de amanhã, pois não sei (ainda) qual será a data da publicação, satisfez novamente a bucha noctívaga. E apesar de (ainda) estar bem arisco, irrequieto, desapareceu da garrafa. Foi um ar que se lhe deu.

9 comentários:

Anónimo disse...

Apita o comboio,
Lá vai a apitar
Apita o comboio
Apita....
Apita....
Apita....

Rui Oliveira disse...

Partilho do mesmo sentimento e apesar de provar belos vinhos de touriga vindos de outras regiões parece que é aqui no Dão que encontro o perfil que menos cansa...sem descurar a qualidade de outras regiões para esta casta...provei touriga da quinta dos roques, julia kemper, quinta da Bella,quinta do perdigão, quinta dos carvalhais e fico entusiasmado...acho que pode ser o ponto de partida para o Dão sair do anonimato que parece já pouc existir...

Pingus Vinicus disse...

Estimado Anónimo que bela veia essa. Nota-se que gosta de cantarolar. Continue, anima.

Já agora...apita à Beira do Mar, mesmo à beirinha.

Pingus Vinicus disse...

Rui, concordo com o que disse.
Um forte abraço

Flavio Henrique disse...

Caros,
Dos vinhos feitos com a Touriga Nacional, aqueles do Dão são os que mais me agradam, justamente por terem um perfil sem exageros, que não cansa. Um dos melhores que bebi foi um Quinta do Perdigão Touriga Nacional 2001. Já faz um bom tempo, mas ainda me lembro de seu frescor e clareza.
Abraços,
Flavio

Anónimo disse...

Indo eu indo eu a caminho de Beseu
Encontrei o meu amor
Ai Jesus que lá vou eu

O Regedor disse...

Aguardo, então, com expectativa a abertura de um Quinta da Pellada TN 2004 que tenho lá por casa ;)

Cumprimentos

João Silva disse...

Meus senhores, respeitosas saudações.
Um colega meu estava a preparar um jantar para pessoas que ele achava importantes. Como já sei relativizar as importâncias, dei-lhe ouvidos. Ele estava a trapalhado, queria um bom vinho, mas não tinha tempo para andar de um lado para o outro à procura do tal liquido. Sugeri 2 coisas, a primeira o vinho, o Casa de Santar Reserva Tinto, depois onde podia comprá-lo sem preocupações, a garrafeira www.wivini.com.
Pelos vistos o meu colega teve sucesso, tanto no vinho como na www.wivini.com

Peter Sousa disse...

Andava eu aqui a vasculhar estas coisas das castas, e li o que o Sr. João Silva escreveu.
Do vinho ainda não tenho uma opinião formada, mas da www.wivini.com tenho.
Vale apena pelos preços e pela logística deles

Cumprimentos.