quinta-feira, junho 30, 2016

Os vinhos para a malfadada época Balnear!

Não gosto de praia. Melhor, não gosto da areia entre os dedos, do barulho, do cheiro a protector solar, a bronzeador. Das bolas a saltar. Não curto a porrada de coisas que uma pessoa tem que levar. É isto e aquilo e mais aquilo. Nunca fui apreciador de praia. Nunca quis ficar moreno, sendo que não consigo. Na melhor das hipóteses, fico vermelho, escaldado e dorido. Nunca percebi qual o interesse em estar de papo para o ar, levar com os raios solares em cima do lombo e ir rodando tipo porco no espeto. É literalmente uma dor de cabeça pensar que tenho que ir para a praia. É incomensuravelmente melhor estar à sombra, sossegado, levar com a brisa nas ventas e desligar, ou não, de tudo. Mas pronto, são manias. E eu sempre fui um gajo de com muitas manias.
Uma das maneiras para aliviar o estado de angustia é levar a companhia certa para todos aqueles momentos em que consigo safar-me de meter os pés na areia. Naturalmente, os melhores são aqueles que em estando na praia, não estou nela.


A companhia não é mais que uma caixa com seis vinhos com mais um extra, que são escolhidos sem um critério específico, sem grandes ponderações, sem pensar, muitas vezes no que vou comer. As ementas vão desde as prosaicas conservas, às salsichas, às sempre presentes saladas russas, aos bivalves, ao que apetece fazer e comer.
E a caixa para este ano é formada pelos seguintes vinhos, todos brancos naturalmente:
1.Quinta dos Roques;
2.Quinta das Maias;
3. Muros Antigos Anselmo Mendes Loureiro;
4.Muros Antigos Anselmo Mendes Escolha;
5.Quinta das Bageiras;
6.Quinta de Saes Reserva.
Atrelada vai uma garrafa de Villa Oliveira Vinha do Províncio para um dia mais especial, que pode ser qualquer um, mesmo que tenha uma lata de sardinhas, um tomate e um pimento pela frente.
As férias, essas, começam a sério quando estiver a uns valentes quilómetros de distância do litoral, longe do alvoroço e no meio das minhas deambulações internas.

1 comentário:

Márcia disse...

Concordo.. kkk. Boas férias, com bons vinhos!