sábado, julho 02, 2016

Vinhas Velhas do Engenheiro

Devo dizer que há muito tempo, muito mesmo, que não pegava num vinho do senhor engenheiro. Não encontro qualquer razão plausível que justifique o meu afastamento. Talvez, porque ando mais interessado noutras coisas. Sinceramente não sei. As minhas razões são quase sempre injustificáveis. Mas adiante.



E sem mais delongas, porque é sábado e a malta quer ir para outros lados, registo apenas que curti este clássico. Abstraindo-me, dentro do possível, do que poderá ter ou não para além de uvas, assumo que têm andado pela cabeça a possibilidade de um vinho, seja ele qual for, ter isto ou aquilo, devo dizer que este Vinhas Velhas pareceu-me mais leve, mais fresco, mais limpo, mais tenso que o habitual. E francamente melhor no dia seguinte. Facto que tem acontecido com muitos vinhos brancos. Melhores nos dias subsequentes. 


Sem comentários: