quinta-feira, setembro 08, 2016

Casas Altas Riesling

Resquícios da silly season. Não dando grande valor ao facto da casta vir declarada no rótulo, até porque não percebi muito bem se a mesma respeitava todas as premissas, sou tipo para assumir que é um vinho branco bem porreiro e com alguma diferenciação. 


Um vinho que curti, que até deu alguma pica a beber, mas sem perceber muito bem se era mesmo de facto um riesling a sério. Bom, podemos dizer que é um riesling português, feito na Beira Interior Norte, com um nível de frescura bem mais interessante que alguns congéneres feitos mais para sul. Talvez pelo insistente toque petrolado fosse lá. Dizem ser uma das características da referida casta. De resto, como costumamos dizer, bebeu-se e bebeu-se até ao fim.

Sem comentários: