quinta-feira, fevereiro 07, 2019

Quinta da Vegia: Solo Franco

Nem todos conseguem atingir a plenitude da simplicidade. Muitas vezes confunde-se a simplicidade com o ser simplório. São conceitos completamente diferentes. A simplicidade pressupõe um elevado estado de equilíbrio, de candura, de singeleza. Ao contrário de simplório que nos leva para a tontaria, para a papalvice.



Este vinho apaixona-nos pela sua simplicidade. Pela alegria que deposita no copo. Faz-nos companhia, deixa-nos bem disposto. E isto, meus caros, é de enaltecer.

2 comentários:

José Prado disse...

Olá Pingus,
Seus textos são muito bons e agradáveis de ler. Os vinhos, difíceis de encontrar na grande rede de pingos, lidls e etceteras. Podes nos dar as dicas das garrafeiras?
Venho do Brasil e seu blog me ajuda muitíssimo a conhecer e desbravar Portugal.
Já sai de Lisboa e tentei ir na Adega dos Sabores mas ela não abre para o almoço.
Obrigado pelas excelentes dicas

Pingus Vinicus disse...

Olá José, obrigado pelas suas palavras. De facto, estes vinhos não se encontram nas grandes superfícies comerciais. Tente procurar na Wines9297, na Garrafeira Nacional, Na Néctar das Avenidas e no ElCorte Inglés. Tudo em Lisboa.

Obrigado e um abraço