domingo, Março 02, 2008

Um anónimo no dia 26 de Fevereiro disse o seguinte sobre a minha pessoa: "um palerma que nada sabe de vinhos, mais um informático a falar de vinhos...". Concordo com a primeira premissa, discordo com a segunda. Não sou informático.

A internet permite-nos falar, descobrir um enorme manancial de informações interessantes (ou não). Tudo com um nível de liberdade que pensávamos ser impossível. É, se calhar, a última fronteira de liberdade que temos.
Por isso e não querendo transformar o Pingas no Copo num campo de batalha, com comentários menos oportunos (já bastam os que andam por aí), não permitirei e apagarei todos os comentários que eventualmente poderei considerar menos cordiais ou ofensivos (e que foram surgindo ultimamente). Ninguém é obrigado a frequentar sítios que não aprecia.

Ao construir esta casa, este canto, esta esquina, o objectivo principal é divertir, é rir e fazer rir os outros com o rol de asneiras, de amadorismo duro e puro que largo por aqui. Nada mais, nada menos. Não existe mais nenhuma pretensão. Nada está dentro da manga.
Venho para aqui para relaxar, descontrair, desabafar, partilhar e tentar libertar-me do ritmo alucinante e alucinado que temos na vida. Não pretendo maçar-me com entidades estranhas que abundam pela rede. É uma chatice, uma perca de tempo. Os problemas da vida são suficientes e bastam-me. E quando este brinquedo fartar irá, certamente, para a prateleira.

Post Scriptum: Pensava que estava a coberto de ataques pessoais. Pura ilusão.
De qualquer modo, continuarei a falar do que gosto e do que não gosto.

17 comentários:

Anónimo disse...

Não podia estar mais de acordo com o que afirmas - ninguém é obrigado a ler o que tu escreves.Mas se quiseres saber a minha opinião sincera, eles até lêem e, secretamente, gostariam de ter a tua capacidade de análise sensorial de um vinho e, sobretudo, de escrita bonita e apaixonada.
Neo te deixes abalar.
Um grande abraço.
Paulo Bento

Pumadas disse...

Carissimo,

Continua que é esse o caminho.
Aliás provavelmente quem te escreveu isso enganou-se no Blog, pois eu é que sou o informático e também que não percebe um "chavo" de vinhos. Ainda assim, continuo a aprender e cada vez com mais vontade e paixão.

Forte Abraço

Anónimo disse...

Acho que o problema acontece porque neste teu cantinho amador acabas por criticar aquilo que é o trabalho de outras pessoas. Era o mesmo que agora alguém abrisse um blog a criticar,por exemplo, os professores, dando-lhes notas e, ao mesmo tempo, defendo-se de que era apenas uma amador a criticar os métodos de ensino destes profissionais...enfim..às vezes não deve ser fácil ouvir críticas, especialmente de "amadores" sobre assuntos tão importantes e que envolvem,normalmente, dinheiro, dedicação e trabalho, seja ele qual for...mas isto é apenas um palpite...

Copo de 3 disse...

Na sociedade o que não interessa, passa despercebido e nem sequer é comentado... tudo aquilo a que se dá importância e notoriedade, acaba por ser comentado, divulgado e discutido.

O vir expressamente a um blog para dizer mal, é porque de alguma maneira tens importância naquilo que fazes, alguém leu, comentou e discutiu... não gostou ? Paciência.

AJS disse...

Então e eu que não percebendo nada de vinhos e muito menos de informática não tenho o direito de ter este enorme gosto que tem sido saborear óptimas pingas com o meu amigo Pingus. Era o que mais faltava. Continua que me tens feito muito bem. AJS

Pedro Guimaraes disse...

Sempre ouvi dizer....os caes ladram e a caravana passa!!!! Caro Pingus, espero que continues a passar....:)

Abraco
Pedro Guimaraes

Gus disse...

Caro Pingus,

Sinceramente não sei qual o gozo que dão estes 'brocardos tontos e sem sentido' ainda por cima provenientes de anónimos.
Obviamente que podemos discordar da opinião dos outros, mas o dito comentário não tem qualquer sentido, sendo certo que ninguém é obrigado a ler os textos constantes dos blogs de terceiros.
Abraço e muita força.

Pedro Sousa P.T. disse...

Não posso deixar de passar esta, sem um grande abraço de solidariedade para contigo. Continua, pois há sempre alguém deste lado para ler e apreciar a tua escrita e as tuas escolhas. E a fazer precisamente o contrário, e que é criticar também, mas com todo o respeito.

Anónimo disse...

Concorda-se com e discorda-se de...

Pedro Rafael Barata (Blog Os Vinhos) disse...

Caro Rui,

Acho que o visado era eu... :)

Pois eu trbalaho na informática de facto e tenho um Blog... :)

Mas também não desisto...

São apenas e só opiniões nossas que publicamos nos Blogs, por isso é normal que certas pessoas possam não concordar com tudo o que escrevemos, enfim é como os gostos... cada um tem o seu...

Abraço!

Anónimo disse...

Qual é o problema de se comentar os vinhos, sejam eles quais forem, bons e maus...

Porque se gasta muito dinheiro, dedicação, trabalho...??

Quer dizer que nunca há dinheiro muito mal gasto, dedicação à asneira e trabalho "martelado"???

Adoro estes tipos mais papistas que o papa. Não é tão giro, cheiram a "Omo", tão alvos...não se cheiram, não se saboreiam, mas com o vento, até parece que se sente o bater das suas asas....

Ass:Jorge Sousa

valter disse...

Continua na tua senda e prova os vinhos. E dá porrada naqueles que se calahr não deviam existir. Se calhar foi o caso de algum produtor não ter gostado da nota. Então para a próxima faça maelhor.

Myla disse...

seu anonimato foi um ato d um cara covarde. agora ele ganhou notoriedade - pelo menos nesse domingo q já passou - já q vc postou sobre o fato.

aqui no Brasil vc já vem, cada fez mais, angariando fãs e não apenas d fãs leigos. sei d gente, profissionais q trabalham com vinhos, que encontrou, em você, além da competência d sua avaliação deliciosamente pessoal - a expressão d uma escrita poética, q encanta a todos.

no mais, deixe aqueles q queiram beirar o ridículo, sozinhos. essa é sempre uma atitude acertada.

and keep on with your impeccable work!

abraços mineiros e brasileiros,

myla, flávio, édil, flávia, gabriel, samantha, diogo, vanessa, rodrigo, anderson, cynthia, thales, etc, etc...

João Filipe Clemente disse...

Aí mestre Pingus! Mestre da pena, da sensibilidade, da licença poética para sair da vala comum e nos fazer viajar. Para cada um destes pobres de espirito, tem um monte (só aqui já são 14)que te apoiam. Pessoas como nós, que expõem seus pensamentos e seus ideais, nem sempre é compreendida e ficamos expostos a este tipo de grosseria. Uma lástima que isto ocorra, mas apoiamos tua decisão, use a mesma arma que eles, a tecnologia, delete o pobre coitado!
Forte abraço.

Anónimo disse...

Caro Pingus:

Não se atormente. Há por aí uns cavalheiros que se ocupam em correr os blogs a insultarem os que escrevem e têm opinião.
A coberto do anonimato atrevem-se a escrever o que dificilmente teriam coragem de afirmar presencialmente.
Temos de ter paciencia.
Você está no seu legitimo direito de transcrever os comentários que melhor entender.
O blog é seu!
Um abraço e continue porque nós agradecemos.

Um gourmet (de meia tigela )

Pratas disse...

Pingus, para esses comentários é sorrir e desprezar. Continua o excelente trabalho que tens feito que é entreter-nos com as tuas palavras.

Um grande abraço deste teu leitor assíduo.

Luis

Anónimo disse...

Mais uma vez, faz todo o sentido não esquecer, um ditado aqui da Raia:
"Vozes de burro não chegam ao Céu".
Muita força para continuar Pingus, e que nunca faltem as palavras.

Um "Bacelo"