quinta-feira, abril 11, 2013

Hexagon

Lá fora, começou a chover. Novamente. Este ano, em jeito de compensação, tem caído mais água que no ano passado. Dizem, agora, que é demais e que vai estragar o que há e o que não há.  
Hoje, contrariando o passado recente, apetece-me escrever, palrar, meter conversa, dizer disparates, tolices, entreter-vos, tentando animar, mais uma vez, a comunidade, que anda dormente. Mas, infelizmente e apesar da férrea vontade, não tenho grande assunto para vos trazer. Na verdade, parece-me que não tenho nada para falar. E com este vai não vai, diz que não diz, vejo-me embrenhado por entre um rendilhado discursivo que ninguém, por certo, entenderá.


E hoje, até gostava que cada palavra largada, por mim, emocionasse, cativasse, porque o vinho que tenho em mãos assim o merece. Merece que se diga muito, que se fale muito, que se escreva sei lá mais o quê. Mas não consigo: risco, rabisco, escrevo e reescrevo. Detenho-me, por isso, a olhar para o rótulo e para o nome: hexágono e que é, por sinal, regular. Em cada lado do polígono aparece uma casta. São seis.


E olhando para cima, vejo que nada saiu com interesse. Maldita condição humana que embaralha mais do que desembaralha. Opto, apenas, por bebericar, por beber, por desfrutar até que a garrafa esvazie e volte, no fim, a olhar lá para fora. Deverá estar, ainda, a chover...

Post Scriptum: O Vinho foi oferecido pelo Produtor.

4 comentários:

Rui Oliveira disse...

No que toca a fazer conjungação de castas que á partida nao fazem muito sentido juntas e tirar partido disso para fazer um grande vinho...das duas uma ou temos grandes enologos conhecedores do que estao a fazer(e acredito seriamente nisso) ou a região de Setúbal é das mais polivalentes em Portugal para albergar várias castas...impressionante!

Pingus Vinicus disse...

Rui, o enólogo é um grande senhor dos vinhos em Portugal. Inquestionável. E creio, também, que a Península de Setúbal, será efectivamente uma das regiões mais polivalentes.

sinnercitizen disse...

Um vez, o enólogo da Casa Assis Lobo, disse-me que em Setúbal dava para fazer de tudo. Incluíndo um Colheita Tardia, que é uma coisa tão Sui Generis!

Pingus Vinicus disse...

sinnercitizen, gostaria de poder falar contigo, poderás enviar um contacto directo para mim, via mail.