quinta-feira, julho 12, 2018

Se um tipo experimenta ...

Verdade seja dita, se uma pessoa tem a sorte de tomar conhecimento com qualquer coisa(sita) que seja assim para o mais diferente, corre um sério risco de não querer voltar ao que já conhecia.


Ficamos sem motivação para regressar à normalidade. Nem queremos saber dela. Olhamos para o que temos e achamos que tudo é banal e com pouco interesse. 


E na maior parte das vezes, nem é preciso muito para perceber(mos) que o mundo é, de facto, muito maior e mais interessante do que pensávamos. Mais valia ter(mos) ficado quieto(s). Ao menos anda(va)-se feliz no meio dos nossos hábitos rotineiros e chochos, como se nada mais houvesse. É que já sabemos o que temos, com o que contamos e não ficamos desassossegados. 

3 comentários:

Anónimo disse...

Consegue-se comprar em Lisboa?

Pingus Vinicus disse...

Estes foram adquiridos em sites espanhóis. Em tempos Os Goliardos tiveram o Fedellos do Couto. O Zarate, salvo erro, existe (existia) numa Garrafeira na zona de Campo de Ourique (gostava de me lembrar do nome).

David Teixeira disse...

@sommelier_dteixeira